Propostas Submetidas

DEI - FCTUC
Gerado a 2021-11-28 08:39:32 (Europe/Lisbon).
Voltar

Titulo Estágio

Desenvolvimento da plataforma de monitorização remota “Sites Monitor”

Áreas de especialidade

Sistemas de Informação

Engenharia de Software

Local do Estágio

Instituto Pedro Nunes, Coimbra

Enquadramento

O IPN foi recentemente subcontratado pela empresa Openlimits para o desenvolvimento do projecto Sites Monitor, o qual tem como cliente final a empresa Anglobal.
No âmbito deste projecto é previsto a conceção e desenvolvimento de uma plataforma que permita a monitorização remota do estado de funcionamento de vários sistemas / equipamentos instalados em Shelters, independente da quantidade ou dispersão geográfica dos mesmos.
A plataforma a desenvolver deverá contemplar uma ligação a dispositivos (BOXs) que recolhem dados e os enviam para um servidor, e deverá ainda permitir o envio de comandos para os mesmos, através de uma aplicação web.
Esta plataforma deverá ser composta por vários módulos de forma escalável, permitindo a consulta, em tempo real e acesso ao histórico, de um conjunto definido de dados obtidos do ambiente onde se inserem. Deverá ainda disponibilizar relatórios e alertas com base na informação gerada.

Objetivo

O presente estágio tem como objetivos a conceção e desenvolvimento de uma plataforma para monitorização remota do estado de funcionamento de vários sistemas/equipamentos instalados em Shelters, no âmbito do projecto Sites Monitor. Não será âmbito do estágio o desenvolvimento do firmware ou do software que integrará as BOXs, para a recolha e envio de dados para a plataforma Sites Monitor.

Alguns dos módulos que deverão integrar a plataforma são:
• Gestão de utilizadores;
• Gestão de perfis;
• Gestão de redes;

• Gestão de locais técnicos;

• Gestão de organizações;

• Gestão de boxs;

• Comunicação com as boxs.
• Gestão de alertas;

• Gestão de notificações;

• Geração de relatórios;
• Gestão de intervenções.


O estagiário irá integrar uma equipa multidisciplinar, composta por elementos do IPN e da Openlimits, e ficará responsável pela especificação e desenvolvimento de parte dos módulos da plataforma.

Finalmente, no âmbito do estágio deverá ainda ser desenhado um conjunto alargado de testes, que permitirá garantir o correto funcionamento da plataforma após a integração de todos os componentes/módulos.

Plano de Trabalhos - Semestre 1

Durante o 1º semestre, o projecto será composto pelas seguintes fases de desenvolvimento: 

• F1 – Análise do estado da arte (25% do semestre) – Análise de soluções, boas práticas e as tecnologias a usar no projecto.

• F2 – Levantamento de requisitos (25% do semestre) – esta tarefa consiste no levantamento de requisitos do módulos a desenvolver.

• F3 – Desenho (50% do semestre) – será desenvolvido um protótipo dos módulos aplicação e o desenho de arquitetura.

Plano de Trabalhos - Semestre 2

Durante o 2º semestre, o projecto será composto pelas seguintes fases de desenvolvimento: 

• F4 – Implementação (70% do semestre) – fase de desenvolvimento onde serão implementados os requisitos e funcionalidades determinadas em F2.

• F5 – Testes (20% do semestre) – fase em que será testada a robustez da aplicação desenvolvida. Serão feitas as correcções aos bugs que forem detectados.

• F6 – Deploy e relatório de projecto (10% do semestre) – Revisão final da aplicação desenvolvida e disponibilizada para produção.

Condições

Estágio remunerado

Observações

Sem observações

Orientador

Carlos João Bento da Costa Madeira Lopes
clopes@ipn.pt 📩