Propostas Submetidas MDM 2014/2015

DEI - FCTUC
Gerado a 2018-11-18 11:02:53 (Europe/Lisbon).
Voltar

Titulo Estágio

Desenvolvimento de Plataforma de Comunição para Criativos

Local do Estágio

DEI-FCTUC/ Casa das Artes da Fundação Bissaya Barreto

Enquadramento

Formalmente o Condomínio Criativo é uma associação sem fins lucrativos
criada para valorizar Coimbra como local de trabalho privilegiado para
os profissionais das indústrias criativas, com a ambição complementar
de ser uma referência na programação cultural local.

Tendo partido de um estudo de mercado à oferta formativa e ao mercado
de trabalho para este sub-sector na região. O principal foco do
conjunto de serviços previsto para o Condomínio é auxiliar a criação
de valor pelos profissionais e organizações residentes promovendo a
transversalidade e interdisciplinariedade entre a economia e a cultura
pela valorização dos aspectos económicos, culturais, sociais e
tecnológicos comuns.

Nesta fase o Condomínio procura reunir as ferramentas essenciais para
concretizar a ambição de desenvolver uma comunidade simbólica de uma
inversão na tendência e percepção da cidade de Coimbra como
exportadora dos recursos humanos mais qualificados e talentosos na
economia criativa, mas raras vezes dos produtos e serviços mais
valiosos e diferenciados geradores de valor e empregos directos e
indirectos.

A estratégia de desenvolvimento destes aplicativos assenta em ciclos
breves de implementação e aprendizagem em linha com as práticas mais
disruptivas de desenvolvimento e implementação de ideias no presente,
particularmente relevante na criação de software.


O Condomínio Criativo tem elementos residentes no seu espaço,
funcionando como uma incubadora de empresas criativas. Apoia em termos
de desenvolvimento de plano de negócios, criando uma rede de
contactos, procurando potenciais parceiros, criando sinergias.

Os criativos enquadram-se em várias áreas, como o design e ilustração,
fotografia e arquitectura, informática e programação, hardware e
electrónica, música e rádio, teatro e cinema, culinária e restauração.

Actualmente o condomínio acolhe projectos como o Do Mal o Menos
(fotografia de arquitectura), Décolage, uma empresa de produção,
concepção e instalações audiovisuais, a Companhia de Teatro Marionet,
a editora musical Tangente.

A Casa das Artes acolhe também actividades criativas como Workshops de
Dança Indiana, Encontros de Jogos de Tabuleiro, Yoga pelas manhãs,
Jantar Mistérios, Matinées Culturais, Actividades para crianças sobre
tipografia, Concertos, Encontros de Designers de Jogos, etc... É
também casa para eventos mais técnicos como Wordpress meeting,
Encontro de programadores de Ruby. Acolhe ainda o Improve Coimbra, um
fim de semana por mês onde se desenvolvem soluções para melhorar a
qualidade de vida em Coimbra. Finalmente, é onde se encontram os
Freelancers de Coimbra, bem como quem pretende abrir uma empresa, no
Startup Meetup.

Este estágio encontra-se no cruzamento entre todas estas actividades e
na sua divulgação para o exterior. É suposto que o estágio ajude a
cada um dos elementos destes grupos a comunicar com os outros,
encontrarem pontos de partilha que permitam trabalharem juntos e
trazerem mais valias.

Todos estes membros já usam a casa como espaço físico, mas pretende-se
que sejam também os utilizadores de uma plataforma digital que não
obrigue a que estejam todos no mesmo espaço físico. A ideia é que
alastre a mais utilizadores, juntando a comunidade criativa
portuguesa.

Objetivo

O projecto a implementar pode ser descrito nos seguintes vectores:

- A front-page do Condomínio Criativo deve ser um fórum, em linha com
o exemplo do Hacker News, da Y Combinator, mas focado nos criativos e
por isso aproveitando referências com UI mais pertinentes como o
Monocle.Io

- O registo com o Condomínio deve ser único e categorizado pela
acção/comunicação com o Condomínio. Assim uma pessoa que se registe
para comentar no fórum teria a mesma identidade ao candidatar-se a um
espaço de trabalho gerido pelo Condomínio.

- A apresentação dos membros da comunidade deve ser baseada no seu
trabalho concreto e ter um apelo à interacção com os clientes ágil,
como num verdadeiro mercado.

- A criação de conteúdos adicionais deve ser sempre atender aos
conteúdos já criados pelos criativos da comunidade e à reacção às
publicações anteriores. Daqui resultará uma plataforma de
redistribuirão de conteúdos.

- A implementação de soluções como uma agenda do Condomínio deve estar
orientada para um posicionamento de partilha de dados
(preferencialmente em API) e se possível a interacção com esforços
anteriores, mais do que replicar ferramentas anteriores com um UI
diferente.

A integração com ferramentas existentes, como iCal, login via google
ou facebook, são pontos extra que facilitam a utilização.

Plano de Trabalhos - Semestre 1

17 Sep - 31 Oct
Identificação das necessidades da comunidade
1 Nov - 31 Nov
Definição da abordagem a seguir e da arquitectura do projecto.
1 Dez - 31 Dez
Desenho de mockups e storyboards.
1 Jan - 28 Jan
Escrita do relatório intermédio.

Plano de Trabalhos - Semestre 2

15 Feb - 31 Apr
Desenvolvimento da Plataforma
1 May - 31 May
Avaliação do trabalho e do impacto na comunidade.
1 Jun - 28 Jun
Escrita do relatório final.

Condições

Lugar no DEI e na Casa das Artes para integração na comunidade.
Estágio não remunerado.

Observações

N/A

Orientador

Alcides Fonseca
amaf@dei.uc.pt 📩